top of page
  • Foto do escritorLAGOS

Sebrae/CE lança ‘Ibiapaba Agrotech’ para impulsionar região

Foto de apoio ilustrativo: Matheus Fogaça, da Flora Fogaça, produtora de flores em São Benedito, na Serra da Ibiapaba (Foto: Armando de Oliveira Lima/O POVO)

O Sebrae Ceará realizou, no último dia 16, o lançamento da primeira edição do Ibiapaba Agrotech, que ocorrerá de 14 a 16 de setembro de 2023. O lançamento, promovido em parceria com a Federação da Agricultura do Estado do Ceará (Faec-CE) e a Prefeitura de Guaraciaba do Norte, município da Região da Ibiapaba, ocorreu em Fortaleza e reuniu as principais lideranças do agronegócio do Estado.


Coordenador regional do projeto “Territórios Empreendedores Ibiapaba”, John Mágulas aponta que a região é essencialmente agrícola. Assim, a ideia do evento é mostrar a representatividade do agro no Ceará, abrangendo todo o território e incentivando as potencialidades de cada município.


O encontro tem como tema “Agricultura do Futuro” e tem como objetivo debater as inovações em tecnologia no campo. O espaço também envolve empresas fornecedoras e startups, com o objetivo de criar oportunidades para produtores locais. Outros temas que devem ser abordados são a valorização da mulher no agro, o turismo rural e as experiências ecológicas.


“Esse evento é importante para que a gente consiga dar visibilidade a todas essas atividades, visando desenvolver e promover ainda mais as riquezas agrícolas”, garante John.


Com o maior PIB agrícola do estado do Ceará, a região se destaca em inúmeras atividades. O território da Ibiapaba é o maior polo de floricultura do Nordeste e um dos maiores do Brasil, é líder na produção de abacate do Estado e é o maior produtor de hortifrutigranjeiros do Ceará.


Além disso, a região é pioneira no Estado em cultivo protegido com ambiente controlado; uma das maiores produtoras de batata doce do Brasil; destaque nacional na cultura de maracujá e a maior produtora de cachaça do Ceará, estando entre as três primeiras no Brasil.


Durante o Ibiapaba Agrotech, o público ainda poderá desfrutar de expositores de hortifruticultura, agricultura familiar, bovinocultura, cachaça e derivados, apicultura, flores, orgânicos, piscicultura e artesanato. Também será possível checar os últimos avanços em técnicas agrícolas, participar de workshops, ver de perto as máquinas usadas no campo e fazer visitas guiadas a fazendas e locais de produção.



“A visão de futuro é tornar esse território um local mais próspero, sustentável e acolhedor. Eventos como esses capacitam o produtor rural, dão repercussão positiva para região e até aumentam a autoestima do produtor rural, em decorrência desse conjunto de ações que desenvolvemos”, destaca o coordenador do projeto.


Ler faz bem:



(Correio Ibiapaba, com informações de Blogs O Povo, por Letícia do Vale)

Opmerkingen


bottom of page