top of page
  • Foto do escritorLAGOS

Poesia de Helder Melo saúda o padroeiro do Ceará

O poeta de Guaraciaba do Norte celebra em versos São José

O agente cultural e poeta Helder Melo celebra São José, padroeiro do Ceará, e destaca a sua importância para a fé e a cultura cearense. Em 'Cantiga para São José', ele homenageia o homem, esposo, descreve a Sagrada Família e a educação de Jesus, como também compara a pureza de José com a brancura do lírio.

 

O poema expressa a profunda devoção ao santo, reconhecendo-o como modelo de fé, amor e trabalho. A poesia demonstra a fé do povo cearense em São José e a esperança por um futuro abençoado, pela necessidade de chuva e a esperança por um ano farto refletem a realidade e os desafios do povo do Nordeste.

 

Confira a poesia na íntegra:

 

Cantiga para São José

 

Dezenove do mês três

É um dia de muita luz

Onde se celebra aquele

Que foi o pai de Jesus.

 

Modelo de esposo fiel,

Pacífico e amoroso.

Marido da Vigem Maria

Um santo homem ditoso.

 

Quando Jesus era menino

Foi muito bem-educado

Aprendeu na carpintaria

Com seu papai adorado.

 

Na casa da Santa Família

Sempre reinou o Amor,

Daquele casal bendito

Pais do nosso salvador.

 

Tal qual a brancura do lírio

Foi a pureza de José

Modelo para todos os homens

Dileto cidadão de Nazaré.

 

São José rogai por nós

Perante ao Deus criador,

Peça que nos mande chuva

Nesse dia de louvor.

 

Para o povo nordestino

Hoje é dia de augúrio

Se chover com abundância

Será bem farto o futuro.


LER FAZ BEM:




A chuva traz esperança e vida

Nesse início de equinócio.

Faz o nordestino feliz,

Prenúncio de bons negócios.

 

Viva São José querido

Padroeiro do nosso estado.

Que este ano seja de fartura

Em nome de Jesus Amado.

 

Meus irmãos aqui encerro

Esses versos de louvor

Ao santo esposo divino

Pai de Jesus Nosso Senhor.

 

(Correio Ibiapaba, por Luis Antônio Gomes)



Bình luận


bottom of page