Buscar
  • Luis Antonio Gomes

Mais de 94% dos adolescentes cadastrados no Saúde Digital já foram vacinados com D1

Embora vacinação esteja avançando neste grupo, Secretaria Municipal de Saúde intensifica campanha com foco nos faltosos


Após três meses do início da vacinação contra a Covid-19 em adolescentes na Capital cearense, cerca de 94,02% do público com idade entre 12 e 17 anos cadastrado na plataforma Saúde Digital, da Secretaria Estadual da Saúde (Sesa), já recebeu ao menos uma dose do imunizante da Pfizer, o único aplicado neste grupo. Ao todo, a primeira etapa da vacinação já alcançou 182.639 adolescentes, ante a um total de 193.459 cadastrados. Já em relação à segunda dose (D2), o número chega a 106.362, correspondente a 54% do universo total de cadastros nessa faixa etária.


As informações foram fornecidas ao O POVO pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) nesta quarta-feira, 24. Segundo o coordenador da Rede de Atenção Primária, Erlemus Soares, embora a vacinação do grupo venha ocorrendo em ritmo acelerado, há muitos casos de adolescentes que ainda não compareceram aos locais de vacinação por dificuldades com deslocamento. “A gente conseguiu detectar que muitos deles não se vacinaram porque não conseguiram se dirigir aos seus locais. Tinha adolescente que morava no Bom Jardim e foi agendado para o José Walter, então para ele era muito difícil se deslocar”, explicou.


Para solucionar o impasse, a SMS transformou o Centro de Eventos do Ceará em um ponto de vacinação exclusivo para adolescentes de 12 a 17 anos. O foco é imunizar os faltosos da primeira dose que estão matriculados na rede municipal de ensino. Para isso, a pasta firmou parceria com a Secretaria Municipal de Educação (SME), que se responsabiliza pelo transporte dos estudantes entre as unidades de ensino e o local de vacinação. Cerca de 50 ônibus escolares estão sendo utilizados para os deslocamentos. A ação segue até o dia 30 de novembro.


(O Povo - Foto: Thais Mesquita)

4 visualizações0 comentário