top of page
  • Foto do escritorLAGOS

Gratuito: Waldonys e Neguinho da Beija-Flor fazem show em Viçosa do Ceará

Waldonys e Neguinho da Beija-Flor se apresentam na Serra da Ibiapaba no próximo dia 27 - (foto: Divulgação)

Um dos tradicionais e aguardados eventos culturais do interior cearense, o festival Mel, Chorinho e Cachaça realiza uma festa lançamento de sua 11ª edição no dia 29 de abril na Igreja do Céu, em Viçosa do Ceará. O evento contará com apresentações gratuitas do sanfoneiro Waldonys e do sambista Neguinho da Beija-Flor, além de outras atrações artísticas e programação gastronômica.


Realizado anualmente na Serra da Ibiapaba, o Festival Mel, Chorinho e Cachaça acontece oficialmente entre os dias 8 e 10 de junho. O tema da edição de 2023 é: "Viçosa, Capital da Cachaça, Terra dos Engenhos no Ceará". Segundo Fernando Elpídio, diretor do projeto, o intuito é destacar o papel da cidade como grande produtora de cachaça no Ceará, além de incentivar a "cadeia produtiva de agronegócio na região".


O Festival terá mais de 20 atrações musicais da cultura local, regional e nacional em diversos pontos da cidade. Serão apresentadas também exposições temáticas e turísticas sobre a cidade de Viçosa do Ceará. Na programação, estão previstas feiras de mel, cachaça e agropecuária. O evento terá ainda praças gastronômicas com culinária local e espaço para apreciadores da música com vinil, literatura musical e luteria.

"O Mel, Chorinho e Cachaça já está no calendário cearense e as pessoas esperam por isso. E não só a população local e regional, mas temos, principalmente, um grande público vindo do Piauí e Maranhão, só para prestigiar o projeto que oferece uma experiência única na Ibiapaba. O lançamento da 11ª edição do Festival será um esquenta do que turistas, visitantes e moradores poderão ver, ouvir, provar e sentir em junho", destaca Fernando Elpídio.


Lançamento da 11ª edição do Festival Mel, Chorinho e Cachaça

Quando: dia 29 de abril, às 20 horas

Onde: Igreja do Céu, em Viçosa do Ceará

Gratuito


Leia mais:


(Correio Ibiapaba - Fonte: Jornal O Povo - Vida & Arte))

Comments


bottom of page