top of page
  • Foto do escritorLAGOS

Governador do Ceará anuncia criação da patrulha rural da Polícia Militar

São Benedito e Tianguá estão entre os primeiros 25 municípios contemplados nesta 1ª fase

Em sua live semanal pelas redes sociais, o governador Elmano de Freitas anunciou nessa quarta-feira, 27, que vai criar Patrulha Rural da Polícia Militar do Ceará. As patrulhas serão compostas por equipes formadas por policiais militares, civis e agentes de trânsito. O objetivo é reforçar a presença policial nestas áreas e combater a criminalidade, principalmente nas rodovias e estradas das comunidades rurais.


De acordo com o governador, a criação da Patrulha Rural faz parte de um esforço maior para fortalecer a segurança pública no estado, atendendo às necessidades das áreas rurais


Além disso, as patrulhas terão como objetivo também realizar ações de prevenção, como abordagens e orientações aos cidadãos, visando garantir a segurança da população e inibir a prática de crimes.


Inicialmente, serão 25 patrulhas com ordem de implantação começando pela Região Norte, seguindo para a Região Metropolitana de Fortaleza, e por último as regiões Sul, Sertão Central e Inhamuns. Na Ibiapaba, São Benedito e Tianguá são os dois primeiros municípios contemplados como serviço. De acordo com o titular da SSPDS, a ideia é que até 2024 essas patrulhas cheguem a 100, e sempre atuando em áreas apontadas pelos órgãos de inteligência da Secretaria.


O planejamento é expandir as patrulhas para outros municípios da Serra da Ibiapaba e também para mais municípios cearenses em uma segunda fase, de acordo com a necessidade e demanda identificadas pelos órgãos de inteligência. A ideia é que essas equipes estejam sempre atuando nas áreas mais críticas e vulneráveis, onde a presença policial é mais necessária.


A iniciativa faz parte de um conjunto de ações da Secretaria de Segurança Pública para fortalecer o combate à criminalidade e garantir a tranquilidade da população no estado.


“A Patrulha Rural é fruto de muita conversa com a Federação da Agricultura, produtores, agricultores, que já vem de um bom tempo. Sabíamos da demanda, da necessidade de reforçar esse patrulhamento, essa segurança nas zonas rurais do Ceará. E aí, ela [a Patrulha] virá sempre trabalhando os índices de furto e roubo de animais nas zonas rurais, mas não deixando esquecer de locais críticos da Região Metropolitana, regiões que têm áreas mais extensas que sabemos que tem que entrar nesse patrulhamento rural”, explicou o secretário da Segurança Pública e Defesa Social, Samuel Elânio.


Ler faz bem:



(Correio Ibiapaba, com informações do Governo do Estado do Ceará)


Comments


bottom of page