top of page
  • Foto do escritorLAGOS

Elmano vai a São Benedito avaliar estragos das chuvas e promete pagar aluguéis de desalojados

Elmano conversou com as famílias e prometeu pagar aluguéis de desalojados e construir novas casas.


Após o rio Arabé transbordar e alagar bairros de São Benedito neste domingo (2), o governador Elmano de Freitas (PT) foi à cidade, na manhã desta segunda-feira (3), para assegurar que os moradores desalojados receberão cestas básicas, colchonetes, roupas e terão seus aluguéis pagos pelo Estado do Ceará.


"Hoje ainda chega cesta básica, chega colchonete e chega roupa para quem perdeu roupa", declarou Elmano.


O governador foi ao local acompanhado da senadora Augusta Brito (PT), que também conversou com as famílias afetadas pelas chuvas recentes. Foi garantido que equipes da Defesa Civil do Estado têm feito estudos para identificar qual medida precisa ser tomada de maneira emergencial para evitar novos desastres.


Em vídeos gravados pela população, compartilhados nas redes sociais, é possível observar que o transvazamento do rio Arabé invadiu diversas vias da cidade. Em alguns imóveis, a água chegou a atingir um nível de pelo menos um metro de altura.


CONSTRUÇÃO DE NOVAS CASAS


Na conversa com os moradores de São Benedito, Elmano também prometeu às famílias desalojadas a construção de novas casas e em terrenos apropriados. "A prioridade nossa é fazer casa para vocês", afirmou o governador, mencionando a retomada, por parte do Governo Federal, do programa Minha Casa, Minha Vida.


Depois disso, a prioridade do Estado, segundo Elmano, será a de limpar rios prejudicados pelo descarte irregular de resíduos. "Pra gente deixar o rio do jeito que Deus quer, sem sujeira", disse.


ALUGUEL


Outra medida emergencial prometida pelo petista foi bancar os aluguéis das famílias desalojadas pelas chuvas intensas. "Vamos pagar o aluguel das famílias que correm o risco de a casa cair", garantiu.


Em seguida, o governador apelou à população para não retornar às residências que correm risco de desabamento, em atenção à preservação de suas vidas, principalmente. "Não deixar que a gente perca a vida de ninguém", pediu Elmano, relembrando as mortes recentes de uma mulher e duas crianças em Aratuba.




(Correio Ibiapaba, com informações do Diário do Nordeste)

Comentários


bottom of page