Buscar
  • Luis Antonio Gomes

Croatá: Luan Lima é mais um músico da OFES na Marinha do Brasil

O croataense se formou em Sargento Músico de carreira do Corpo de Fuzileiros Navais


A cerimônia de encerramento dos cursos de Carreira do Corpo de Fuzileiros Navais aconteceu ontem (15) no Centro de Instrução Almirante Sylvio de Camargo, na cidade do Rio de Janeiro. E entre os formandos, Luan Lima, que fez parte desde criança do Projeto Filarmônica Estrelas da Serra, do Ponto de Cultura Vamos Fazer Arte, da cidade de Croatá.


Luan Lima é mais um ex-integrante da Orquestra Filarmônica Estrelas da Serra (OFES) que se forma em sargento-músico. Ele se junta a Cleison Bezerra, oriundo do projeto da Associação Arte em Pauta, que também exerce a mesma função na Marinha do Brasil desde 2019.

Comandante do CIASC, Cláudio Lopes de Araújo Leite (Reprodução)


Com a presença do almirante de esquadra, Almir Garnier Santos, Comandante da Marinha do Brasil, a cerimônia de formatura de conclusão dos cursos de aperfeiçoamento avançado de oficiais do corpo de Fuzileiros Navais abriu com a execução do Hino Nacional e, em seguida, uma mensagem do Comandante dos Fuzileiros Navais, Cláudio Lopes de Araújo Leite, em que ele enfatizou para os 913 formandos a partir das palavras do Padre Antônio Vieira “instruir é construir”, os valores do CIASC “honra, competência, determinação e profissionalismo”.


Após a palavra do Comandante Leite houve a entrega dos certificados pelos padrinhos e madrinhas presentes à cerimônia.


Trajetória


O clarinetista Francisco Luan Lima foi aprovado em dois concursos das Forças Armadas do Brasil. Ele foi o único cearense a passar para Sargento Músico Fuzileiro Naval da Marinha do Brasil e obteve a primeira colocação enquanto que no concurso do Exército, ele foi o sétimo colocado.


Os resultados obtidos pelo croataense datam de 2006, quando Luan iniciou os seus estudos em flauta doce no Projeto Vamos Fazer Arte em Croatá, com o professor Silvério Oliveira.


No ano seguinte, ele recebeu o convite para ingressar na banda de música municipal João Otaviano.

Luan agradece à OFES na formatura - Foto: Divulgação Vamos Fazer Arte


O talento de Luan foi percebido pelo maestro Hélio Júnior, da Estrelas da Serra, que na formação da orquestra, convidou Luan para tocar clarinete em 2009. A partir daí, ele deslanchou como multi-instrumentista e passou também a ser um dos instrutores do projeto social da Associação Arte em Pauta, onde lecionou aulas de vários instrumentos e demonstrou compromisso e disciplina em suas funções.


Vídeo da cerimônia de encerramento dos Cursos 2021

(Correção: o sobrenome de Cleison é 'Bezerra' e não 'Sousa' como havíamos publicado; a foto de Luan Lima com a faixa de agradecimento à OFES foi acrescentada no post - A matéria foi atualizada na quinta-feira, 16, às 13h30min - Foto: Reprodução)


112 visualizações0 comentário