Buscar
  • Luis Antonio Gomes

Com inauguração do novo Bondinho de Ubajara, turismo na Serra da Ibiapaba será impulsionado

O equipamento fica dentro do Parque Nacional de Ubajara e recebeu investimento de quase R$ 12,7 milhões



Famosa atração turística da Serra da Ibiapaba, o Bondinho do Parque de Ubajara foi reinaugurado, ontem (22), após passar por reforma. O equipamento deve fomentar o fluxo de visitantes na região, conhecida por suas belezas naturais e clima serrano.


Em 29 de dezembro, o Governo do Estado do Ceará anunciou que o novo bondinho de Ubajara seria inaugurado em 7 de janeiro deste ano, mas a nova data foi anunciada na semana passada pelo Secretário de Relações Institucionais, Nelson Martins, em um evento na Serra da Ibiapaba.



O governador Camilo Santana ressaltou que a junção das belezas naturais do Ceará com uma boa infraestrutura é primordial para o desenvolvimento das regiões cearenses e atração de novos turistas “Quase R$ 13 milhões foram investidos aqui. Isso é um patrimônio de vocês. Aqui se gera emprego e oportunidades. Tenham muito orgulho desse parque. Ele não deixa a desejar a nenhum do mundo. Não tenho dúvida de que milhares de turistas passarão a visitar e conhecer esse equipamento. Isso representa mais oportunidade para as pessoas da região. Vamos integrar os equipamentos do estado. O turismo é uma grande vocação que nós temos e nós precisamos estimular para garantir o desenvolvimento”, enalteceu o chefe do Executivo estadual. A modernização do Bondinho contou com aplicação de R$ 12,68 milhões, sendo R$ 3,83 milhões recurso do Governo do Ceará e R$ 8,85 milhões financiados junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID)


O equipamento, localizado dentro do Parque Nacional de Ubajara, funcionará de quarta-feira a domingo, das 9h às 16 horas. Até 350 pessoas poderão fazer o passeio por dia e nenhuma taxa será cobrada enquanto perdurar a operação assistida do Bondinho.


O fortalecimento do turismo na região com a reinauguração do Bondinho vai ajudar também outras atividades econômicas. O artesão José Matias, natural de Ubajara, trabalha com artesanato em madeira há 24 anos e vende seus produtos dentro do Parque Nacional. Desde cedo ele aguardava para ver o momento em que o equipamento seria reinaugurado.


Na visão dele, o retorno da atração ajudará bastante na comercialização dos produtos vendidos pelos artesãos locais. “Vai melhorar muito. Estávamos esperando há tempos. Com a liberação do Bondinho vamos ter mais turistas e dependemos deles para vender nosso trabalho. Hoje é uma grande vitória para nós. Com certeza vai dar uma alavancada grande nas nossas vendas”, comemorou Matias.


Convicta do papel das ações governamentais para alicerçar oportunidades à sociedade, a vice-governadora Izolda Cela falou como essa visão do investimento público pode mudar realidades. “Quero reafirmar a importância dessa visão liderada pelo governador Camilo e das equipes que trabalham para fazer com que as coisas aconteçam. Para esta ação do Governo se potencializar é importante a parceria do município com visão. Tudo isso gera a condição de mais prosperidade. Esta região tem potencial e pode prosperar cada vez mais a partir de incrementos e realizações como este equipamento. O turismo é uma força importante e pode ser cada vez melhor”, afirmou Izolda.


Natural de Sobral, município próximo a Ubajara, o senador Cid Gomes lembrou como fazer turismo hoje está mais fácil e disse que essa evolução deve sempre aproveitada. “As coisas mudaram muito dos anos 1980 para hoje e isso deve nos orientar a perseguir aquilo que é uma vocação desta região. Camilo, com a sua competência, conseguiu compreender a importância deste equipamento para a Ibiapaba e o turismo cearense. Hoje está tudo mais fácil. Antes, eram três aviões chegando a Fortaleza por semana. Hoje, em Jericoacoara, são dez chegando por semana. É importante que a gente compreenda a importância de interligar esses destinos. Você chega de avião em Jericoacoara, que está ligada a Camocim, que está interligada a Viçosa do Ceará, que se integra com Tianguá, aqui com Ubajara, e sai rodando. O turista não vem para fazer um lugar só. Então, é importante integrar esses municípios para que a gente possa aproveitar todo esse potencial”, indicou o ex-governador. O secretário do Turismo, Arnaldo Pinho, e o superintendente de Obras Públicas, Quintino Vieira, também estiveram presentes à inauguração, assim como o presidente da Assembleia Legislativa, Evandro Leitão, e outras autoridades.


Moderno e seguro


A estrutura do teleférico que compõe o Bondinho é formada por duas cabines, cada uma com capacidade para levar até oito pessoas, que farão o percurso de ida e volta de 550 metros suspensas pelos cabos de aço que ligam a estação do Monte e a do Vale, que fica na entrada da famosa gruta de Ubajara.


Agora, o desejo de todos que moram na região é que a estrutura erguida sirva para alavancar a atração de turistas para a cidade, conforme disse o prefeito Renê Vasconcelos. “É uma obra valorosa, não só pelo valor econômico, mas pelo que ela representa no turismo e no orgulho de dizer que somos de Ubajara. Fazer uma estrutura deste tamanho com segurança é muito complexo e, graças a Deus, a gente conseguiu, principalmente no momento em que estamos lutando para sair dessa pandemia. Ubajara está aberta para receber pessoas do mundo inteiro”, avisou o gestor municipal.


Além da reforma das duas estações e da aquisição dos novos bondinhos elétricos, a obra englobou a remodelagem dos mirantes, plataformas de apoio e bilheteria, bem como a fixação de rampas de acesso e escadarias, nova iluminação e serviços de urbanização e acessibilidade.


Bondinho histórico


Com quase cinco décadas servindo de entretenimento e meio de transporte para moradores e turistas da região, o Bondinho fica localizado dentro do Parque Nacional de Ubajara, unidade de conservação ambiental que ocupa territórios dos municípios de Tianguá, Frecheirinha e da própria Ubajara. Afora sua utilidade turística, como plataforma de visão panorâmica de parte da Serra da Ibiapaba e suas belezas, o equipamento também serve para o deslocamento de pessoas que preferem evitar as trilhas utilizadas para deslocamento entre o topo da serra e a área mais baixa. Nesses 47 anos de existência, essa foi a primeira modernização pela qual passou o Bondinho de Ubajara.


(Correio Ibiapaba, com informações do Governo do Estado do Ceará, por Fhilipe Augusto – Fotos: Tiago Stille)

107 visualizações0 comentário