Praias do Ceará estão limpas de manchas de óleo, diz Marinha

(0 comentário)

A Marinha do Brasil afirmou que as praias do Ceará, Pernambuco e Paraíba estão limpas de óleo, após ações realizadas em parceria com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). Operações de limpeza ainda estão em andamento em Sergipe, Bahia, Alagoas e Rio Grande do Norte. A informação foi confirmada em nota na última quinta-feira (31).

Manchas de óleo foram encontradas no litoral nordestino desde o fim de agosto e início de setembro. O piche já atingiu mais de 20 praias do Ceará, entre elas, pontos turísticos como Canoa Quebrada, Icapuí e Morro Branco.

O estado já registrou a morte de 44 tartarugas desde a primeira aparição de manchas. Até o dia 26 de outubro, haviam sido retiradas quatro toneladas de óleo das praias cearenses, de acordo com a Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace). O petróleo cru tem sido reaproveitado em uma fábrica do sertão cearense.

Em operação da Polícia Federal, as análises das manchas de óleo realizadas pela Marinha constataram que o material é originário de campos petrolíferos da Venezuela, transportados por um navio tanque grego.

Operações de limpeza seguem nas praias que ainda têm vestígios de óleo: Nísia Floresta e Tibau do Sul, no Rio Grande do Norte; Japaratinga e Piaçabuçu, em Alagoas; Aracaju, em Sergipe; e Cairu, Ilhéus, Moreré, Camaçari e Trancoso, na Bahia. A Marinha afirmou que a situação em Alagoas é moderada e nos outros três estados, leve. Além disso, há uma ação preventiva na região baiana de Abrolhos.

De acordo com a Marinha, já participaram das operações de limpeza mais de 3 mil militares, 26 navios e seis helicópteros.

(G1 Ceará)

Atualmente não avaliado

Comentários

Não há comentários no momento.

Novo Comentário

obrigatório

obrigatório (não publicado)

opcional

Categorias

Arquivo

2020
2019
2018
2016
2014
2013
2012
2011
2010
2009