Hospital faz 'arraiá' de confraternização para comemorar queda de internações por Covid em Ibiapina, Norte do Ceará

(0 comentário)

Diretor do hospital municipal nega que houve aglomeração no local e afirma que a confraternização foi motivada pela queda nos números de casos de Covid-19 e internações na unidade.

Profissionais de saúde do Hospital Municipal Maria Wanderlene Negreiros de Queiroz, em Ibiapina, no interior do Ceará, participaram de uma confraternização junina realizada nas dependências da unidade, na tarde dessa sexta-feira (2). Moradores da cidade afirmam que houve aglomeração no local durante a confraternização.

Imagens compartilhadas nas redes sociais mostram o grupo de profissionais reunidos em uma área externa do hospital decorada com tema junino e uma mesa com comidas típicas. Nas fotos, aparecem médicos, enfermeiras, fisioterapeuta, além da secretária da Saúde do município. Alguns servidores estão com roupas juninas, já outros estão com o uniforme de trabalho.

O diretor do hospital municipal, Ulysses Timbó, nega a aglomeração no local. "Os profissionais se reuniram apenas para bater a foto, mas o distanciamento foi mantido ao longo da confraternização", explica.

Segundo Ulysses, a diminuição de casos de Covid-19 no município e internações na unidade motivou os profissionais a fazer a confraternização. "Não é comum que ao longo esse tempo a gente tenha aglomerado, porém, com a diminuição dos casos e internações na unidade, a gente se motivou e fez um arraiá. As pessoas estão focando muito nos profissionais de saúde, mas esquecem que também somos seres humanos", disse o diretor.

Já a Secretária de Saúde de Ibiapina, Lyana Veras, afirma que não foi um evento, "mas sim um momento de acolhimento dos profissionais do Hospital no horário do lanche da tarde, onde os funcionários levaram um prato típico do São João".

"Os profissionais do Hospital e da Saúde, como um todo passaram por momentos muito difíceis nesse período de pandemia. É justo que eles tenham pelo menos um momento de descontração e alegria. Não foi evento, não foi festa, porém colocamos uma mesa e cada funcionário foi trazendo um prato típico de São João para merendar e colocamos o nome de Arraiá. Foi ao lado do refeitório e logo depois da merenda cada um saiu do local", disse Lyana.

Segundo ela, os profissionais do hospital estão vacinados e a unidade tem um paciente em observação, mas ainda esperam a confirmação ou não de que se trata de Covid-19.

Moradores

A confraternização realizada pelos profissionais na área do hospital foi reprovada por moradores da cidade, entre eles, o estudante Alan Antunes Melo, 21 anos, que viu a ação como "descaso" com a saúde dos pacientes.

"Me senti enganado, porque esse pessoal passa para a gente que devemos ficar em casa, usar máscara, não aglomerar, e eles nos mostram o contrário. Ainda mais vindo do pessoal da saúde, que é quem deveria dar o exemplo. A gente sente o descaso com os pacientes", afirmou o jovem.

Outro morador, que prefere não se identificar também discordou da realização da festa "enquanto as pessoas aguardam por atendimento". "Eles estão confraternizando, enquanto as pessoas aguardam por atendimento. Quem já perdeu um amigo para essa doença sabe que muitos têm lutado e não há o que comemorar", disse o homem.

Desde o início da pandemia, a cidade de Ibiapina registrou 1.592 casos do novo coronavírus e teve 32 óbitos pela doença, de acordo com dados da plataforma IntegraSus, atualizada às 9h56 desta sexta-feira (2).

(G1 Ceará - Foto: Reprodução - sábado, 03/07/2021)

Atualmente não avaliado

Comentários

Não há comentários no momento.

Novo Comentário

obrigatório

obrigatório (não publicado)

opcional

Arquivo

2021
2020
2019
2018
2016
2014
2013
2012
2011
2010
2009