CI

7 de jan. de 2022

logo_insight.jpg

Governador do Ceará, Camilo Santana, fez live na quarta-feira, 5, para divulgar as novas ações em meio ao aumento de casos de síndromes respiratórias. Dentre elas, aumento da testagem e alerta para o alto número de faltosos da D3 em Fortaleza; veja os principais pontos deste último decreto

O governador Camilo Santana anunciou em 5 de janeiro, mais um decreto com medidas acerca da pandemia no Ceará. O último documento traz medidas sobre o Carnaval e do Pré-Carnaval, além de eventos privados e públicos. O governador e o titular da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), Marcus Gadelha, fizeram live na quarta-feira para divulgar as novas ações em meio ao aumento de casos de síndromes respiratórias.

O POVO reuniu abaixo os principais pontos do último decreto citados por Camilo Santana na live.

Último decreto no Ceará: os principais pontos ditos por Camilo em 05/01

- Festas com controle de acesso: casamentos, formaturas, aniversários e eventos corporativos terão capacidade reduzida por 30 dias, com limite de 250 pessoas em ambientes fechados e 500 pessoas em ambientes abertos;

- Carnaval 2022 e Pré-Carnaval 2022 no Ceará: todos os eventos foram suspensos; prefeito de Fortaleza já tinha anunciado que tais festas não seriam feitas com recursos públicos e a renda seria destinada para ações de segurança alimentar, saúde e apoio à cultura;

- Leitos de hospital para atendimento de síndrome respiratória serão ampliados; medida já havia sido divulgada anteriormente pela Sesa devido ao aumento de casos nos últimos dias de 2021;

- Ampliação da testagem em todo o Estado;

- Aumento da distribuição do remédio viral Tamiflu; farmácias de Fortaleza registram falta de do medicamento após aumento de síndromes gripais em dezembro;

- Fortaleza tem mais de 300 mil pessoas que não foram tomar a D3;

(O Povo - Foto: Reprodução)