Empresa de pagamentos eletrônicos abre 25 vagas em Fortaleza

Inscrições para participar da seleção podem ser feitas até o próximo dia 23 de outubro.

A empresa de pagamentos eletrônicos Cielo abriu 25 vagas em Fortaleza para consultores de negócios. Os candidatos podem se inscrever no processo seletivo até o próximo dia 23 de outubro, pela página da empresa na internet. A seleção vai ocorrer de forma virtual, com testes, dinâmicas em grupo e entrevista.

Multinacional chinesa deve gerar 2 mil vagas de emprego no Pecém

Mingyang Smart Energy planeja instalar um parque eólico offshore no município. A expectativa, de acordo com a Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho, é que o empreendimento seja implantado até 2023

O Complexo Industrial e Portuário do Pecém e a multinacional chinesa Mingyang Smart Energy assinaram, na última quarta-feira (21), um documento que firma a parceria para a instalação de um parque eólico offshore no município. De acordo com o titular da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedet), Maia Júnior, a expectativa é que a implantação ocorra até 2023, gerando, aproximadamente, 2 mil vagas de emprego na fase inicial.

Eleições 2020: saiba a diferença e os efeitos de votos brancos e nulos

Ao votar em branco, eleitor não manifesta preferência

No Brasil, apesar do comparecimento ao local de votação nas eleições ser obrigatório, a menos que seja justificado, o eleitor é livre para escolher ou não um candidato, já que pode votar nulo ou branco. Mas qual é a diferença entre essas opções?

Ceará tem queda de 14% em internações em UTIs pediátricas por doenças respiratórias

Porcentagem diz respeito à comparação do número de internações entre janeiro e agosto de 2020 e o mesmo período de 2019.

Nos oito primeiros meses do ano, onde cinco passaram-se durante a pandemia do novo coronavírus, o Ceará registrou queda no número de internações pediátricas em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) por doenças respiratórias. Medidas de contenção a Covid-19, como o isolamento social, segundo especialistas, é a principal causa desta redução em meio ao período pandêmico.

Governo cogita criar 4º ano do ensino médio devido à pandemia

Uma lei federal, aprovada em agosto, garante autonomia às redes para ampliar em um ano o ensino médio em 2021. Maranhão e São Paulo já adotaram a iniciativa. No Ceará, a Secretaria da Educação diz que estuda a proposta

Uma situação inédita e de caráter excepcional é cogitada pelo Governo do Estado no Ceará para a educação em 2021: a criação do 4º ano do ensino médio. A implementação de um ano a mais no currículo é em decorrência dos efeitos da pandemia nos processos de aprendizagem que, no caso do 3º ano, têm sido ainda mais imediatos. Estados como Maranhão e São Paulo já anunciaram que irão adotar a medida. No Ceará, a vice-governadora, Izolda Cela, disse ao SVM que a ideia tem sido pensada. Já a Secretaria Estadual da Educação (Seduc) informa que a criação da série, no momento, está em estudo e, por isso, "não é possível ainda falar a respeito".

Enquete

Tweets Recentes