Praias do Ceará estão limpas de manchas de óleo, diz Marinha

(0 comentário)

A Marinha do Brasil afirmou que as praias do Ceará, Pernambuco e Paraíba estão limpas de óleo, após ações realizadas em parceria com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). Operações de limpeza ainda estão em andamento em Sergipe, Bahia, Alagoas e Rio Grande do Norte. A informação foi confirmada em nota na última quinta-feira (31).

Manchas de óleo foram encontradas no litoral nordestino desde o fim de agosto e início de setembro. O piche já atingiu mais de 20 praias do Ceará, entre elas, pontos turísticos como Canoa Quebrada, Icapuí e Morro Branco.

O estado já registrou a morte de 44 tartarugas desde a primeira aparição de manchas. Até o dia 26 de outubro, haviam sido retiradas quatro toneladas de óleo das praias cearenses, de acordo com a Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace). O petróleo cru tem sido reaproveitado em uma fábrica do sertão cearense.

Em operação da Polícia Federal, as análises das manchas de óleo realizadas pela Marinha constataram que o material é originário de campos petrolíferos da Venezuela, transportados por um navio tanque grego.

Operações de limpeza seguem nas praias que ainda têm vestígios de óleo: Nísia Floresta e Tibau do Sul, no Rio Grande do Norte; Japaratinga e Piaçabuçu, em Alagoas; Aracaju, em Sergipe; e Cairu, Ilhéus, Moreré, Camaçari e Trancoso, na Bahia. A Marinha afirmou que a situação em Alagoas é moderada e nos outros três estados, leve. Além disso, há uma ação preventiva na região baiana de Abrolhos.

De acordo com a Marinha, já participaram das operações de limpeza mais de 3 mil militares, 26 navios e seis helicópteros.

(G1 Ceará)

Atualmente não avaliado

Comentários

Não há comentários no momento.

Novo Comentário

obrigatório

obrigatório (não publicado)

opcional

Arquivo

2019
2018
2016
2014
2013
2012
2011
2010
2009