Locadora terá bicicletas elétricas e carros a gás natural compartilhados em Fortaleza

(0 comentário)

locadora de automóveis Movida vai investir em automóveis movidos a gás natural e também em bicicletas elétricas a serem compartilhados em Fortaleza. O martelo já foi batido em São Paulo na quarta-feira. Haverá pelo menos 30 carros disponíveis pela Cidade ainda este ano. A proposta é disruptiva. Não vai limitar os veículos a estações de compartilhamento, o modelo usado hoje com os carros elétricos, que continuarão em operação.

Na prática, haverá uma expansão do atual sistema, o Vamo - Veículos Alternativos para Mobilidade. O Vamo é um produto da empresa Serttel patrocinado pelo Hapvida. A operadora de planos de saúde está satisfeita com o serviço, um contraponto na época às bicicletas bancadas pela Unimed Fortaleza. Mas no momento em que o foco da empresa é nacional, faz mais sentido expandir para outras praças.

A Movida mira em posicionamento como empresa de mobilidade urbana, muito além de uma locadora de carros. Os automóveis serão alimentados com o biogás advindo do metano extraído da usina GNR Fortaleza, em Caucaia, do Grupo Marquise. Hoje, o gás gerado do lixo já é utilizado pela indústria de pisos Cerbras, via estatal Cegás.

O modelo da operação está sedo refinado ainda, com a intermediação da Prefeitura, a principal indutora do serviço. Uma proposta plausível é a adoção dos ecopontos como base logística para o serviço. O apelo é o da comunicação. Seria uma forma de juntar a origem dos resíduos recolhidos e a aplicação final na forma de mobilidade.

Os carros serão mapeados e controlados por sensores. Daí se cria um algoritmo sobre as preferências dos usuários. Toda noite, o sistema vai distribuir os carros próximo dos desejos das pessoas. Quanto às bicicletas, estas serão operadas em projeto piloto na Aldeota e Meireles.

Desde 2006 no mercado, a Movida Aluguel de Carros declara possuir a frota mais nova do Brasil e opera lojas nas principais cidades e aeroportos do País - em Fortaleza tem uma loja na avenida Monsenhor Tabosa e no Fortaleza Airport (Pinto Martins forever). Desde 2013 pertence ao Grupo JSL. Faz parte da empresa Movida Participações, criada em 2015 para administrar as operações de aluguel de carros, venda de seminovos e de gestão de terceirização de frotas de veículos leves.

A propósito (e foi pensando no propósito...), a empresa aprovou em assembleia alteração no estatuto social para incluir as cláusulas para certificação no Sistema B, um conjunto de critérios que habilita uma empresa a exibir o selo de compromissada com o impacto dos negócios (social e ambiental).

Como indutora do processo desde o princípio, a Prefeitura de Fortaleza reforça a principal marca do prefeito Roberto Cláudio (PDT), a mobilidade urbana. Afora as obras viárias e os corredores de ônibus, o Município trabalhou pela implantação das bicicletas compartilhadas agindo com a regulação e a infraestrutura urbana. Nesta expansão para os carros a gás, seguiu a fórmula. Fez chegar à Movida a experiência local com o compartilhamento. E eis que o dinheiro privado (e novo) se interessou e vai bancar o investimento.

(O Povo, por Jocélio Leal - Adaptado por CI)

Atualmente não avaliado

Comentários

Não há comentários no momento.

Novo Comentário

obrigatório

obrigatório (não publicado)

opcional

Arquivo

2019
2018
2016
2014
2013
2012
2011
2010
2009