Notícias

Vendo posts da categoria Ubajara

Famílias retornam para casa após intervenção em açude Granjeiro

Foram quatro dias de constante medo. Desde o anúncio do risco de rompimento do Açude Granjeiro, situado entre as cidades de Ubajara e Ibiapina, até a abertura do novo sangradouro, na manhã de ontem, se passaram 73 horas. Hoje, a rotina começou a voltar ao normal. As 513 famílias que vivem à margem do rio, e próximo ao açude, retornaram gradualmente a suas casas.

ANA estima que famílias de áreas evacuadas em Ubajara poderão voltar para casa em 24 h

Após a abertura de um novo sangradouro do açude Granjeiro na manhã desta terça-feira (19), a expectativa é de que em 24 horas a cota do reservatório diminua dois metros, o que representa 50% da capacidade total, segundo a Agência Nacional de Águas (ANA). Com isso, os moradores poderão voltar para casa. Segundo a agência, o proprietário terá de arcar com os custos da obra do vertedouro. Mais de 500 famílias foram visitadas e orientadas a deixar a área até a eliminação dos riscos de alagamento.

Barragem em Ubajara: açude deve escoar 50% do volume com novo sangradouro nesta terça

O volume escoado do açude nesta terça não deve atingir as casas nas comunidades do entorno, mas vai aumentar o aporte do Rio Jaburu e deixar as águas mais barrentas, segundo o engenheiro de barragem da ANA que está no local, Rogério Menescal.  

"Quem não saiu de casa ainda, por favor, saia", pede prefeito de Ubajara após barragem apresentar risco

Frisando que a situação está tranquila, mas ainda há riscos, o prefeito de Ubajara, Renê Vasconcelos, reforçou pedido para que os moradores da área do leito do rio Jaburu deixem as suas casas. O trabalho de remoção das famílias começou ainda na noite de sábado, 16, e seguiu ontem, 17, após a barragem do açude Granjeiro apresentar riscos. Mais de 250 famílias já foram retiradas da área, conforme o Corpo de Bombeiros do Estado. O açude é particular e está localizado entre Ubajara e Ibiapina, a cerca de 320 quilômetros de Fortaleza.

Responsável por empresa dona da barragem nega ter sido autuado por danos estruturais

O responsável pela empresa dona da barragem do Granjeiro, que apresentou risco de rompimento no último sábado, 16, nega ter sido autuado pela Agência Nacional de Águas (ANA) por danos estruturais. Segundo empreendedor da Agrosserra, Avelino Forte, o órgão não realiza fiscalizações desde 2013 no local, sendo a única notificação recebida por questões “burocráticas”. A ANA afirmou em nota que empresa é autuada desde 2017, sendo o embargo provisório realizado na semana passada devido a "uma erosão significativa no talude a montante (rio acima) da barragem".

Arquivo

2019
2018
2016
2014
2013
2012
2011
2010
2009