Notícias

Vendo posts da categoria Cultura

Há 180 anos nascia Dragão do Mar, o cearense mais importante na história do Brasil

Canoa Quebrada, 15 de abril de 1839. Nascia Francisco José do Nascimento. Sobreviveu aos primeiros dias por milagre, contam os registros da época. Desenganado, uma espinha de peixe atravessando a garganta do recém-nascido quase o matou.

Cidade iluminada, Fortaleza completa 293 anos

O aniversário marca o começo de um novo ciclo. Os votos são, sempre, desejos para o futuro: alegrias, saúde, sucesso e, porque tem que ser, dinheiro. Ao mesmo tempo, o marco tem algo de encruzilhada, com uma estrada atrás de si e outras à frente. Olhar para trás, é irresistível. Mesmo quando quem aniversaria é uma cidade.

XIII Bienal Internacional do Livro do Ceará destaca a presença de mulheres e artistas locais

Se antes as pessoas foram definidas como livros, agora chegou a vez das cidades. Esta, pelo menos, é a tônica da XIII Bienal Internacional do Livro do Ceará, que acontecerá entre os dias 16 e 25 de agosto deste ano, no Centro de Eventos do Estado, rompendo a tradição de acontecer em abril.

Pintor francês que se encantou com a índia Iracema faz exposição de pinturas

O pintor francês Esteban Ubretgi se ecantou com a índia Iracema e passou a retratar obras inspiradas na cultura cearense. Por isso, ele lança a exposição “Iracema Blues”, que busca mostrar a importância do patrimônio para a população.

Fortaleza: Feira do Artesanato deve movimentar mais de R$ 10 milhões

Fortaleza recebe desde ontem, até o dia 7 de abril, a Feira Nacional de Artesanato e Cultura no Ceará (Fenacce). Segundo a coordenadora da feira, Stella Pavan, o evento deve girar mais de R$ 10 milhões em vendas. “Nós esperamos superar os 50 mil visitantes nestes 10 dias. Estamos trazendo novidades, expositores que estão vindo de 25 estados e 12 países, além de toda a cultura de raiz cearense. A gente pretende, pelo número de artesãos que a gente está trazendo e a qualidade dos produtos, movimentar mais de R$ 10 milhões. A feira vai realmente movimentar a economia, com produtos com valores que vão de R$ 5 a R$ 5 mil. Dependendo da peça, como as de madeira, que são mais caras, têm o couro e as esculturas”, destaca Pavan. 

Arquivo

2019
2018
2016
2014
2013
2012
2011
2010
2009