Campus da UFC em Sobral terá 1º mestrado profissional

(0 comentário)

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) aprovou, após a sua 182ª reunião, o mestrado profissional em Psicologia e Políticas Públicas do Campus da Universidade Federal do Ceará, em Sobral.

O curso será o primeiro mestrado profissional do campus da UFC em Sobral e contará com duas linhas de pesquisa: Clínica, Saúde e Políticas Públicas; e Educação e Políticas Públicas. Tem como objetivo geral formar profissionais em Psicologia e áreas afins para a investigação e a formulação de práticas profissionais, institucionais e políticas públicas situadas na intersecção entre Psicologia, Educação e Saúde.

O corpo docente do mestrado será composto por professores do Curso de Psicologia do Campus de Sobral, do Departamento de Psicologia da UFC, em Fortaleza, e da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA). A seleção para a primeira turma ocorrerá em 2019.

Segundo o professor Pablo Pinheiro, coordenador do Mestrado Profissional em Psicologia e Políticas Públicas, o novo programa de pós-graduação “tem enorme potencial para trazer repercussões importantes para as políticas públicas em nível local e regional, a partir do desenvolvimento de novas tecnologias, metodologias e produtos. O corpo docente recebeu a notícia com muita alegria. Estamos prontos para enfrentar os desafios que a criação e o desenvolvimento de uma pós-graduação impõem”, afirmou.

Linhas de pesquisa

Conforme o projeto do curso, a linha de pesquisa em Clínica, Saúde e Políticas Públicas busca investigar o sofrimento psíquico que se manifesta na infância, no trabalho, no consumo de substâncias, no corpo, na institucionalização da loucura, na medicalização da vida e no cuidado familiar de doenças crônicas, de modo a preparar os profissionais de psicologia e áreas correlatas para intervir criticamente no campo das políticas públicas em saúde.

Já a linha de pesquisa em Educação e Políticas Públicas investiga os processos educacionais e sociais referentes às questões dos direitos humanos, da infância e juventude, das desigualdades e das práticas culturais, visando à capacitação profissional e à inovação diante das diversas demandas sociais nas políticas públicas.

(Tribuna do Ceará)

Atualmente não avaliado

Comentários

Não há comentários no momento.

Novo Comentário

obrigatório

obrigatório (não publicado)

opcional

Arquivo

2019
2018
2016
2014
2013
2012
2011
2010
2009