Arquiteta cria perfil no Instagram para ajudar pessoas carentes a encontrarem emprego em Fortaleza

(0 comentário)

Na tentativa de ajudar quem busca por trabalho em Fortaleza, a arquiteta Ingrid Vieira, 25 anos, criou um perfil no Instagram para divulgar currículos de pessoas carentes que estão à procura de vagas na capital cearense. A página Kurriculo Ceará (@kurriculoce) não participa do processo de contratação, apenas divulga os profissionais e faz a ponte entre as empresas e as pessoas desempregadas.

Criado em abril deste ano, o perfil tem inspiração em projeto semelhante produzido em Natal, no Rio Grande do Norte. "O nosso foco são as pessoas que estão abaixo da linha da pobreza. A gente quer dar visibilidade para elas", comenta a idealizadora.

No perfil, os interessados são apresentados por uma fotografia e um breve resumo profissional que inclui escolaridade, experiência e habilidades dos candidatos. Os contratantes interessados devem entrar em contato com a página que fica responsável por viabilizar a comunicação com quem busca a vaga.

Para ter o perfil divulgado, as pessoas buscam a página via mensagem. Ingrid, então, entra em contato com os candidatos, faz uma pré-seleção e publica o currículo no perfil. "Aparece muita gente buscando empregos fixos, mas também serviços pontuais, como faxinas, jardinagem, panfletagem", conta.

Agora, a jovem está firmando parcerias com associações de moradores e projetos sociais em áreas da periferia de Fortaleza com o objetivo de encontrar mais pessoas dispostas a divulgar os serviços na página. "A ideia é que as próprias associações selecionem as pessoas e a página divulgue", explica Ingrid.

Perfis à procura

A diarista Manuelle Silva, 21 anos, foi a segunda candidata a ser divulgada na página e conta que, depois da publicação, conseguiu agendamentos para duas semanas. Mãe de duas crianças e com o marido desempregado, ela passava por dificuldades financeiras e encontrou, no perfil, uma saída.

Ela chegou a divulgar pelo Facebook que trocava os serviços por alimentos, mas foi procurada por Ingrid para aparecer no Kurriculo Ceará. Depois da publicação, ela encontrou pessoas interessadas em diárias. "Eu tive muito retorno. Logo depois da postagem, eu recebi umas 20 ligações e até propostas de emprego fixo", relembra Manuelle. "Eu estava com água, luz e aluguel atrasados. Estava sem gás em casa. Depois da divulgação, eu consegui resolver tudo isso", confirma.

A diarista Manuelle Silva, 21 anos conseguiu agendamentos para duas semanas após ter o perfil divulgado  na página.. — Foto: Arquivo Pessoal
A diarista Manuelle Silva, 21 anos conseguiu agendamentos para duas
semanas após ter o perfil divulgado na página.. — Foto: Arquivo Pessoal

O vendedor Mateus Yuri Sousa, 20 anos, também recorreu ao perfil. Em Fortaleza desde dezembro, ele teve dificuldades de se colocar no mercado de trabalho quando decidiu sair de Itapipoca, no Litoral Oeste do Ceará, para tentar a vida na capital do Estado. Há seis meses, ele procura vaga em atividades como vendedor e atendente, mas ainda não teve sucesso. Por isso, decidiu buscar a página administrada pela jovem. "Vi amigos divulgando a página e tive iniciativa de procurar a ajuda deles. Nenhuma empresa veio falar comigo ainda, mas eu tenho esperança que vai acontecer", diz. Para ele, a página é uma "ação muito bonita". "É uma atitude que pode parecer normal mas, no mundo atual, se torna ainda mais importante", define.

(G1 Ceará)

Atualmente não avaliado

Comentários

Não há comentários no momento.

Novo Comentário

obrigatório

obrigatório (não publicado)

opcional

Arquivo

2019
2018
2016
2014
2013
2012
2011
2010
2009